Depilação: Lâmina, Cera ou Laser ?

Depilação é um mal necessário para todas mulheres, não é mesmo !?

Hoje existem vários métodos disponíveis para manter nossa pele lisinha desde lâmina, cera, laser, linha, mola … Mas vou falar apenas dos métodos mais tradicionais: lâmina, cera e laser.

É recomendável evitar o período menstrual para se depilar, pois durante esta fase nós ficamos mais sensível e suscetível a sentir dores.

Lamina

Ao fazer a depilação com lâmina se lembre:

Antes de depilar, faça esfoliação e use hidratantes para a pele.  A esfoliação vai ajudar os pelos mais fracos a saírem, e a hidratação é importante porque evita o risco de cortes – principalmente para peles secas.

É melhor usar lâmina única e descartável e aparelhos com lubrificante (linha verde ou azul gelatinosa acima das lâminas). Nunca passe a lâmina na pele seca. O ideal é usar géis, cremes, loções ou espumas próprias  ou até mesmo sabonete em caso de urgência.

Evite a qualquer custo o uso de água fria. A água quente é fundamental para uma boa depilação com lâmina, pois ela dilata os poros, facilitando a remoção dos pelos.

Lembre-se que a depilação deve ser feita no sentido do crescimento do pelo, e basta passar a lâmina na área uma só vez. Para as regiões curvas, os aparelhos com cabeçote articulado são indicados, pois diminuem o risco de corte. Descarte aparelhos sem corte, pois causam pelo encravado com certeza. Use no máximo três vezes a mesma lâmina antes de trocá-la.

Um dos inconveniente da lâmina é que, principalmente na região da virilha ela pode causar ou agravar o encravamento dos pelos. Outro porém é que a lâmina escurece a pele na região das axilas e virilhas, sem falar que os pelos crescem rápido após a depilação, cerca de 2 dias.

Não guarde o aparelho dentro do box do chuveiro pois a umidade promove o acúmulo de bactérias e fungos. Se cortou a pele use um adstringente no local, que vai fazer o sangramento cessar e a ferida fechar.

Laser

No caso de laser, ele é captado pela melanina (pigmento responsável pela coloração do fio) e a energia vai destruir a capacidade de o folículo produzir um novo fio, então sua energia é convertida em calor – por isso o laser não é eficaz em pelos loiros, ruivos ou brancos. O laser passa pelas camadas superficiais da pele até atingir e queimar o bulbo capilar.

Geralmente a sessão dura até 30 minutos na área da virilha e são feitas aproximadamente entre 4 e 6 sessões com intervalo entre 30 e 90 dias. Aplicações anuais de manutenção podem ser necessárias. Cada sessão custa entre R$ 250 e R$ 500, mas as clínicas costumam fazer pacotes que barateiam o tratamento completo. Há mais de um tipo de aparelho laser no mercado. Entre os mais comuns estão o Alexandrita, o Light Sheer e o Nd-Yag, que variam em sensibilidade e são usados de acordo com espessura do pelo e tom da pele. Para realizar o procedimento é necessário consultar um dermatologista.

O processo pode causar do que varia de acordo com a sensibilidade de cada pessoa, mas, segundo especialistas, quem já faz depilação com cera consegue suportar sem sofrer muito. Depois de cada sessão a região pode ficar avermelhada, mas em geral melhora depois de um dia. Algumas pessoas sentem dor e incômodos também durantes os dias subsequentes à aplicação do laser.

Antes de se aventurar na depilação a laser os médicos indicam não tomar sol no local pelo menos 30 dias antes e 15 dias após a aplicação. Do contrário podem aparecer manchas na pele. Métodos de depilação que arrancam os pelos – como cera, eletrólise e pinça – são desaconselhados entre as sessões de laser.

Cera

Com relação a cera quente, esta pode ter em sua composição agentes hidratantes ou relaxantes (mel, algas etc.), o que auxilia a evitar reações desagradáveis. Chega a  custar cerca de 40 reais a sessão. com duração média de 20 a 30 dias.E causa uma certa dor, mas não chega a ser nada insuportável. Após a depilação é normal o local ficar avermelhado e se for na virilha costuma ficar dolorido por algumas horas.

Uma das vantagens da cera quente sobre a fria é que calor ajuda a abrir os poros, provocando menos dor do que a cera fria. Os pêlos, enfraquecidos, tendem a diminuir com a freqüência das sessões. Outra vantagem é o clareamento da região (axilas e virilha) em quem usava lâmina e diminuição no a aparecimento de pelos encravados na maioria das pessoas.Uma desvantagem desse método é que os pelos precisam estar relativamente longos para o procedimento ser realizado.

Fique de olho se a cera quente foi reutilizada pois ela pode ser foco de infecções, por isso observe se a profissional prepara uma nova cera na sua frente e descarta a antiga. Recomenda-se que a sessão seja repetida só depôs de no mínimo 28 dias, que é o tempo que a pele leva para se recompor depois da depilação.

Quais tipos de depilação vocês costumam usar? Eu uso bastante lâmina, embora prefira cera quente para região da virilha e axilas pois encravam menos os pelos e não provocam o escurecimento da pele, coisa que a lâmnia faz. Mas e a preguiça de ir no salão de beleza para se depilar??? rsrsrs

Bjokas

Anúncios

Uma resposta em “Depilação: Lâmina, Cera ou Laser ?

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s